Filme da Netflix com “Jesus gay” deixa Eduardo Bolsonaro revoltado


O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), usou seu perfil do Twitter nesta quarta-feira (11), para repudiar o novo filme de comédia lançado pela Netflix, intitulado A Primeira Tentação de Cristo.

O filme, que foi produzido exclusivamente pelo grupo Porta dos Fundos para rede streaming, deixou o deputado revoltado, por mostrar um “Jesus gay” e que se recusa a “pregar a palavra de Deus”.

“A Netflix acaba de lançar um ‘Especial de Natal’ onde Jesus Cristo (Gregório Duvivier) é gay e tem relações com Fábio Porchat, além de se recusar a pregar a palavra de Deus”, disse.

O filho do presidente Jair Bolsonaro ainda fez questão de afirmar que não é a favor da censura, e que todos têm o direito de se expressarem, mas que o filme ataca a fé de milhões de Brasileiros.

“Somos a favor da liberdade de expressão, mas vale a pena atacar a fé de 86% da população? Fica a reflexão”, escreveu o parlamentar. Logo depois Gregório Duvivier, que interpreta Jesus, comentou: “Caramba, tá todo o mundo assistindo mes-mo! Foda”.

Fonte: ObservatórioG | Fotos: Reprodução

Postar um comentário

0 Comentários