Homem é morto com facada no peito em Povoado de Barrocas


Um crime cometido na tarde desta sexta-feira (13), por volta das 15 horas, nas Casas Populares do povoado de Lagoa da Cruz, localizado a 8 km da sede do Município de Barrocas, Território do Sisal, deixou os moradores da comunidade em desespero. Uma moradora usou as redes sociais e clamou pela presença da Polícia que chegou rapidamente ao local.

“Pelo amor de Deus, manda a Polícia agilizar, pois aqui na Lagoa da Cruz, nas casas Populares um rapaz foi ferido de faca, tá caído no chão parecendo que está morto. Manda a polícia vim logo senão vamos ter várias tragédias” clamou uma moradora após o crime.

Segundo a Polícia Civil, o aposentado Valdemiro Pedro da Silva, de 70 anos, conhecido como “Mirinho”, apontado como autor do crime e a vítima, o barbeiro Deraldo Oliveira Pinto, 41 anos, estavam bebendo juntos desde a manhã de hoje. Foi na residência do acusado que uma suposta confusão provocou o crime.


Ainda segundo a polícia, “sem nenhum motivo, o aposentado passou a agredir Deraldo e logo após se armou com uma faca tipo peixeira que estava na cozinha da casa”. Minutos depois a faca foi usada para matar o barbeiro com um golpe no peito. A companheira de Valdemiro, ainda tentou evitar o pior, ela retirou Deraldo de dentro da casa, mas Valdemiro o acompanhou e acabou desferindo uma facada no peito do homem que caiu no chão. Com o golpe Deraldo morreu no local.

Um homem não identificado, ao ver a vítima caída no chão gravou um áudio relatando o ocorrido e compartilhou num grupo de whatsapp: “…Eu acho que acabaram de matar Deraldo aqui, ele não tá respirando mais não. Acho que Mirinho acabou de matar Deraldo, ele não tá respirando de jeito nenhum” comentou.

Após o crime Valdemiro voltou para casa e foi preso pela equipe da Polícia Militar com apoio do Chefe de Polícia Civil Ricardilson Souza. O investigador acionou o Departamento de Polícia Técnica para realizar a perícia e fez a remoção do corpo do local.

Fonte: Calila Noticias

Postar um comentário

0 Comentários