Bolsonaro diz que "bicho vai pegar" no Ceará com presença das Forças Armadas


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que o "bicho vai pegar" no Ceará com o envio das Forças Armadas. A declaração foi dada pelo presidente durante sua já tradicional transmissão ao vivo nas redes sociais. 

Bolsonaro assinou na última quinta-feira (20) um decreto autorizando uma operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no estado. O presidente disse que aqueles que estão cometendo crimes precisam entender que "o pessoal de verde está chegando", e defendeu que criminosos não podem ser tratados "com flor".

"O pessoal que está cometendo delitos, crimes nessas regiões, onde, por um motivo qualquer, por um motivo justo, estão indo as Forças Armadas para lá, tem que entender que o pessoal verde está chegando e o bicho vai pegar. Porque, se é para tratar com flor essa galera, não fiquem enchendo nosso saco e vão pedir para outras instituições para cumprir esta missão, que não seja nós", disse. 

O estado do Ceará vem sendo afetado por uma paralisação de policiais militares, com o objetivo de reivindicar aumento salarial para a categoria. O impasse ganhou destaque quando o senador licenciado Cid Gomes foi atingido por dois disparos na cidade de Sobral. Após tentar, sem sucesso, negociar com os militares amotinados, Cid tentou invadir uma área militar tomada por manifestantes com uma retroescavadeira.

Fonte: BNews

Postar um comentário

0 Comentários