Postagem Início

Prefeito de Morro do Chapéu vira réu por descumprir Lei de Licitações


Léo Dourado (PR), prefeito de Morro do Chapéu, virou réu no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A Corte baiana aceitou a denúncia apresentada pelo Ministério Público do Estado (MP-BA) contra ele pelo descumprimento da Lei de Licitações. 

De acordo com o relatório da decisão, o MP-BA indica que Dourado determinou, no dia 10 de fevereiro de 2017, a contratação direta da empresa “Warlley Gonçalves Barreto” para prestar “serviços de assessoria técnica na gestão do sistema único de assistência social - Suas e programa Bolsa Família”. O problema apontado é que o contrato, firmado com dispensa de licitação, não obedecia as formalidades legais pertinentes a casos onde se aplica a inexigibilidade. Com isso, segundo o órgão de acusação, a medida gerou um prejuízo de R$ 38,5 mil ao erário. 

Além disso, o MP-BA argumenta que a empresa contratada era recém-criada na época e oferecia serviços "bastante comuns" e que, portanto, não preenchem o requisito da singularidade, para justificar a dispensa. 

Já a defesa do prefeito desqualificou a acusação ao dizer que ela não possui justa causa e nem indica um dolo específico ao erário. Os advogados alegam também que a falta de especificações na denúncia impede “o exercício mínimo da ampla defesa, uma vez que o acusado defende-se dos fatos expostos na exordial, e tanto o recebimento da inicial, quanto a prolação de sentença, são balizados pelo que contido na denúncia”. 

Com base nesses e outros argumento, a Segunda Câmara Criminal remeteu o processo à Justiça Federal por vislumbrar possível lesão ao patrimônio da União. No entanto, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-DF) discordou desse entendimento, deixando para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgar onde o mérito do processo deveria ser analisado. Então, em 26 de setembro do ano passado, veio a decisão do STJ, definindo que a competência é da Justiça estadual. 

De volta ao TJ-BA, o desembargador Júlio Cézar Lemos, relator do caso, não acatou os argumentos da defesa e aceitou a representação do MP-BA. Para o magistrado, a denúncia preenche todos os requisitos para ser acolhida. "(...) não há necessidade de que a denúncia descreva minúcias, detalhes exagerados, mas apenas que o seu conteúdo permita a identificação clara do fato criminoso atribuído, de modo a permitir o exercício da ampla defesa por aquele sobre quem recai a imputação. Isso inegavelmente encontra-se atendido pela peça exordial", defende o magistrado. 

O mesmo ocorre com os pressupostos processuais e as condições da ação penal, questionadas pelo prefeito denunciado. Na avaliação do desembargador, não há indicativo de vício na formação do processo por parte do MP-BA.

Fonte: Bahia Notícias
Prefeito de Morro do Chapéu vira réu por descumprir Lei de Licitações Prefeito de Morro do Chapéu vira réu por descumprir Lei de Licitações Reviewed by Brecheiro Notícias on 1.2.20 Rating: 5

Nenhum comentário

Postagem Fim

Perfil do Autor

Imagem Link [https://1.bp.blogspot.com/--RbhQptrMes/Xsl59kHdU-I/AAAAAAAAJnk/lSPGXG2diSU1sDj0mGCbdhT2s8sKOKCTgCK4BGAsYHg/Sem%2Bt%25C3%25ADtulo-1.png] Nome do Autor [Brecheiro Notícias] Descrição do Autor [brecheironotícias@outlook.com] Facebook Username [brecheironoticias1] Twitter Username [#] GPlus Username [#] Pinterest Username [#] Instagram Username [brecheironoticias]